top of page

Empreender não é para qualquer um


Por Leandra Salles

Consultora de Negócios - Fini Franquias

Eu não quero te desmotivar, mas...empreender não é para qualquer um! Atualmente, o empreendedorismo vem ganhando espaço como uma ideia de que todos podem entrar no ramo, basta ter muita vontade, acreditar no seu sonho e tudo dará certo, mas posso dizer que não é bem assim que a banda toca.

São poucas pessoas que estão preparadas e dispostas a viver nas condições de um empreendedor. É preciso, antes de tudo, muito estudo e preparo para empreender. O que difere um empreendedor de sucesso para um sonhador são as habilidades. Antes de pensar em investir em um negócio, seja ele criado por você ou um modelo de franquias, como a Fini, por exemplo, reflita seriamente sobre sua trajetória de vida, seus exemplos, suas inspirações e suas habilidades. De acordo com uma pesquisa feita pelo IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística em 2018, de cada 10 empresas no país, seis não sobrevivem após cinco anos de atividade, o que indica que atualmente apenas 40% dos empreendimentos conseguem ultrapassar cinco anos de existência. Para não entrar nesta estatística, avalie se possui algumas das habilidades abaixo:

1. Liderança: não é simplesmente estar sentado na cadeira do dono. Precisa ser proativo, saber incentivar e motivar a equipe, passar confiança, conhecer os seus colaboradores e a sagacidade de cada um, dar o exemplo e inspirar 2. Competitividade 3. Coragem 4. Criatividade 5. Saber se comunicar e negociar 6. Ter conhecimentos administrativos e financeiros (viabilidade financeira, fluxo de caixa, DRE, etc). Criar um negócio é impactar os consumidores positivamente com um sonho. Isso tem um preço e exige suor, lágrimas, desespero, confusão, solidão, cansaço, responsabilidade e muita coisa que te fará repensar mil vezes se é isso que você quer da sua vida.

Se você deseja um dia empreender, não acredite que é divertido e que qualquer um pode fazer isso, pois entrar nesse ramo é algo extremamente sério e não tem nada a ver com diversão, mas sim, com comprometimento e seriedade. E aí, já pensou se você é mais CLT ou CNPJ?



306 visualizações1 comentário
bottom of page